Slide 1 Fundamentos e Conceitos em Gerenciamento de Projetos 2016 eDUARDO lUIS DOS sANTOS vIEIRA felipe nassif aloia JOSÉ AUGUSTO rIBEIRO RODRIGO HEIJI KITAMURA THIAGO BOTTONI GOMES Linha do tempo Linha do Tempo PMBoK 2013 2008 2004 2000 1996 PMBoK 5ª Edição PMBoK 4ª Edição PMBoK 3ª Edição PMBoK Edição 2000 PMBoK Edição 1996 3 Linha do Tempo Fatos Interessantes da Gestão de Projetos 1962 1958 1956 1954 1910 O termo Gestão de Projetos é criado. O gráfico de Gantt foi Desenvolvido por Henry Laurence Gantt. O método do caminho crítico (CPM) é inventado por funcionários da Du Pont. O método PERT é inventado e usado no Projeto Polaris. DoD/NASA publicou uma descrição da Estrutura Analítica do Projeto (EAP). Linha do Tempo Fatos Interessantes da Gestão de Projetos 2001 1986 1974 1969 O método PROMPT é lançado (posteriormente conhecido como PRINCE2). O PMI foi inaugurado para promover a profissão em Gerenciamento de Projetos. Scrum foi nomeado como um estilo de gestão de projetos no artigo The New New Product Development Game. Agile Alliance foi formada para promover um modelo para gestão de projetos de software. Batalha dos pmboks PMBoK 3 vs 4 vs 5 PMBoK 3ª Edição PMBoK 4ª Edição PMBoK 5ª Edição 388 páginas 459 páginas 589 páginas 44 processos 42 processos Foram eliminados os processos: Desenvolver a Declaração de Escopo Preliminar; Planejamento do Escopo. Foram adicionados os processos: Identificar as Partes Interessadas; Coletar os Requisitos. 47 processos Foram adicionados os processos: Planejar o Gerenciamento do Escopo; Planejar o Gerenciamento do Tempo; Planejar o Gerenciamento do Custo; Planejar o Gerenciamento das Partes Interessadas; Controlar o Envolvimento das Partes Interessadas. 9 áreas de conhecimento 9 áreas de conhecimento 10 áreas de conhecimento Foi criada a 10ª área de conhecimento: Gerenciamento de Partes Interessadas. 6 processos reconfigurados (consolidados e remanejados) 2 processos remanejados 13 processos renomeados 28 processos renomeados 11 processos renomeados Foco nos grupos de processos Melhor estruturação dos processos de planejamento Garantia de terminologia consistente Pmbok 5ª edição Grupos de Processos É um agrupamento dos 47 processos contidos no PMBOK. Estão organizados em 5 grandes grupos: Iniciação, Planejamento, Execução, Monitoramento e Controle e Encerramento. Lembrando que Grupos de Processos não são Fases do Projeto. O que são Grupos de Processos? Qual a relação entre os Grupos de Processos? Os grupos de processos estão ligados pelos objetivos que produzem. Geralmente, as saídas de um processo representam as entradas do processo seguinte. Por exemplo: Os processos de planejamento oferecem insumos para os processos de execução que, por sua vez, possuem as entradas para os processos de monitoramento e controle e assim sucessivamente. Grupos de Processos Os grupos de processos não são lineares, eles representam atividades sobrepostas que ocorrem diversas vezes durante um projeto e interagem entre si através de suas entradas e saídas. Como os Grupos de Processos interagem entre si? Grupo de Processos de Iniciação O grupo de processos de INICIAÇÃO define e autoriza um projeto, ou seja, são desenvolvidas descrições claras dos objetivos do projeto e facilitam a autorização formal para seu início. A documentação dessa decisão contém a descrição inicial do escopo, entregas, duração e recursos, para que seja feita uma análise de investimento. Temos uma ideia de investimento com informações não tão detalhadas, aguardando aprovação formal para dar início aos trabalhos. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Iniciação Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Planejamento O grupo de processos de PLANEJAMENTO permite que a equipe de gerenciamento de projetos planeje e gerencie um projeto bem sucedido para a empresa. Com ele, serão desenvolvidos o escopo do projeto, a Estrutura Analítica do Projeto (EAP), cronograma, detalhamento dos recursos, orçamento do projeto, definição de compras e aquisições e o plano de gerenciamento do projeto. Detalhamos tudo o que precisamos para que o projeto seja executado, com o máximo de informações possível. Ao final, teremos “o que fazer”, “como fazer”, “quem deve fazer”, “a que custo deve ser feito e “quando deve ser feito”. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Planejamento Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Execução O grupo de processos de EXECUÇÃO representa onde o trabalho é feito. Sendo assim, a equipe do projeto é mobilizada e começa a executar o trabalho como foi planejado. Caso haja mudanças, é aqui que elas são implementadas. É a “mão na massa”, onde tudo o que foi planejado é colocado em prática, o que está ruim é reparado e as mudanças são implementadas. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Execução Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Monitoramento e Controle O grupo de processos de MONITORAMENTO E CONTROLE tem como foco a verificação e medição do trabalho que está sendo realizado, de forma que seja constatado que ele está sendo feito conforme o planejado. Caso haja alguma divergência do trabalho realizado com o planejado, as medidas corretivas são tomadas. Tudo o que foi planejado deve ser seguido à risca, caso contrário será “pego” e corrigido nesta etapa. É onde o desempenho, riscos e contratos são controlados. É também onde os relatórios e dashboards são executados com maior frequência. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Monitoramento e Controle Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Encerramento O grupo de processos de ENCERRAMENTO representa a aceitação formal do produto, serviço ou resultado pelo cliente, a liberação dos recursos do projeto, emissão final dos relatórios de desempenho e a coleta das lições aprendidas. Esse grupo de processos garante que todos os processos de todos os grupos de processos estão finalizados. É o encerramento formal do projeto. O cliente aceita formalmente o que foi produzido pelo projeto. O trabalho a ser feito nesse grupo é a coleta de lições aprendidas, liberação dos recursos utilizados e a verificação de que realmente não existe nenhum outro processo ainda em execução. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Encerramento Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Bibliografia PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (Org.). Um Guia do Conhecimento Em Gerenciamento de Projetos - Guia Pmbok®. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2013. 589 p. VARGAS, Ricardo. Fluxo de Processos do PMBOK® 5ª Edição. 2013. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2016. EGELAND, Brad. A Project Management Historical Timeline. 2009. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2016. MACÊDO, Diego. Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos. 2011. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2016.
Please download to view
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
...

Gestão de Projetos com Ênfase em PMI®

by thiago-bottoni

on

Report

Download: 0

Comment: 0

10,191

views

Comments

Description

Download Gestão de Projetos com Ênfase em PMI®

Transcript

Slide 1 Fundamentos e Conceitos em Gerenciamento de Projetos 2016 eDUARDO lUIS DOS sANTOS vIEIRA felipe nassif aloia JOSÉ AUGUSTO rIBEIRO RODRIGO HEIJI KITAMURA THIAGO BOTTONI GOMES Linha do tempo Linha do Tempo PMBoK 2013 2008 2004 2000 1996 PMBoK 5ª Edição PMBoK 4ª Edição PMBoK 3ª Edição PMBoK Edição 2000 PMBoK Edição 1996 3 Linha do Tempo Fatos Interessantes da Gestão de Projetos 1962 1958 1956 1954 1910 O termo Gestão de Projetos é criado. O gráfico de Gantt foi Desenvolvido por Henry Laurence Gantt. O método do caminho crítico (CPM) é inventado por funcionários da Du Pont. O método PERT é inventado e usado no Projeto Polaris. DoD/NASA publicou uma descrição da Estrutura Analítica do Projeto (EAP). Linha do Tempo Fatos Interessantes da Gestão de Projetos 2001 1986 1974 1969 O método PROMPT é lançado (posteriormente conhecido como PRINCE2). O PMI foi inaugurado para promover a profissão em Gerenciamento de Projetos. Scrum foi nomeado como um estilo de gestão de projetos no artigo The New New Product Development Game. Agile Alliance foi formada para promover um modelo para gestão de projetos de software. Batalha dos pmboks PMBoK 3 vs 4 vs 5 PMBoK 3ª Edição PMBoK 4ª Edição PMBoK 5ª Edição 388 páginas 459 páginas 589 páginas 44 processos 42 processos Foram eliminados os processos: Desenvolver a Declaração de Escopo Preliminar; Planejamento do Escopo. Foram adicionados os processos: Identificar as Partes Interessadas; Coletar os Requisitos. 47 processos Foram adicionados os processos: Planejar o Gerenciamento do Escopo; Planejar o Gerenciamento do Tempo; Planejar o Gerenciamento do Custo; Planejar o Gerenciamento das Partes Interessadas; Controlar o Envolvimento das Partes Interessadas. 9 áreas de conhecimento 9 áreas de conhecimento 10 áreas de conhecimento Foi criada a 10ª área de conhecimento: Gerenciamento de Partes Interessadas. 6 processos reconfigurados (consolidados e remanejados) 2 processos remanejados 13 processos renomeados 28 processos renomeados 11 processos renomeados Foco nos grupos de processos Melhor estruturação dos processos de planejamento Garantia de terminologia consistente Pmbok 5ª edição Grupos de Processos É um agrupamento dos 47 processos contidos no PMBOK. Estão organizados em 5 grandes grupos: Iniciação, Planejamento, Execução, Monitoramento e Controle e Encerramento. Lembrando que Grupos de Processos não são Fases do Projeto. O que são Grupos de Processos? Qual a relação entre os Grupos de Processos? Os grupos de processos estão ligados pelos objetivos que produzem. Geralmente, as saídas de um processo representam as entradas do processo seguinte. Por exemplo: Os processos de planejamento oferecem insumos para os processos de execução que, por sua vez, possuem as entradas para os processos de monitoramento e controle e assim sucessivamente. Grupos de Processos Os grupos de processos não são lineares, eles representam atividades sobrepostas que ocorrem diversas vezes durante um projeto e interagem entre si através de suas entradas e saídas. Como os Grupos de Processos interagem entre si? Grupo de Processos de Iniciação O grupo de processos de INICIAÇÃO define e autoriza um projeto, ou seja, são desenvolvidas descrições claras dos objetivos do projeto e facilitam a autorização formal para seu início. A documentação dessa decisão contém a descrição inicial do escopo, entregas, duração e recursos, para que seja feita uma análise de investimento. Temos uma ideia de investimento com informações não tão detalhadas, aguardando aprovação formal para dar início aos trabalhos. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Iniciação Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Planejamento O grupo de processos de PLANEJAMENTO permite que a equipe de gerenciamento de projetos planeje e gerencie um projeto bem sucedido para a empresa. Com ele, serão desenvolvidos o escopo do projeto, a Estrutura Analítica do Projeto (EAP), cronograma, detalhamento dos recursos, orçamento do projeto, definição de compras e aquisições e o plano de gerenciamento do projeto. Detalhamos tudo o que precisamos para que o projeto seja executado, com o máximo de informações possível. Ao final, teremos “o que fazer”, “como fazer”, “quem deve fazer”, “a que custo deve ser feito e “quando deve ser feito”. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Planejamento Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Execução O grupo de processos de EXECUÇÃO representa onde o trabalho é feito. Sendo assim, a equipe do projeto é mobilizada e começa a executar o trabalho como foi planejado. Caso haja mudanças, é aqui que elas são implementadas. É a “mão na massa”, onde tudo o que foi planejado é colocado em prática, o que está ruim é reparado e as mudanças são implementadas. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Execução Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Monitoramento e Controle O grupo de processos de MONITORAMENTO E CONTROLE tem como foco a verificação e medição do trabalho que está sendo realizado, de forma que seja constatado que ele está sendo feito conforme o planejado. Caso haja alguma divergência do trabalho realizado com o planejado, as medidas corretivas são tomadas. Tudo o que foi planejado deve ser seguido à risca, caso contrário será “pego” e corrigido nesta etapa. É onde o desempenho, riscos e contratos são controlados. É também onde os relatórios e dashboards são executados com maior frequência. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Monitoramento e Controle Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Grupo de Processos de Encerramento O grupo de processos de ENCERRAMENTO representa a aceitação formal do produto, serviço ou resultado pelo cliente, a liberação dos recursos do projeto, emissão final dos relatórios de desempenho e a coleta das lições aprendidas. Esse grupo de processos garante que todos os processos de todos os grupos de processos estão finalizados. É o encerramento formal do projeto. O cliente aceita formalmente o que foi produzido pelo projeto. O trabalho a ser feito nesse grupo é a coleta de lições aprendidas, liberação dos recursos utilizados e a verificação de que realmente não existe nenhum outro processo ainda em execução. Em linguagem clara… Grupo de Processos de Encerramento Imagem retirada do site www.ricardo-vargas.com Bibliografia PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE (Org.). Um Guia do Conhecimento Em Gerenciamento de Projetos - Guia Pmbok®. 5. ed. São Paulo: Saraiva, 2013. 589 p. VARGAS, Ricardo. Fluxo de Processos do PMBOK® 5ª Edição. 2013. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2016. EGELAND, Brad. A Project Management Historical Timeline. 2009. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2016. MACÊDO, Diego. Grupos de Processos de Gerenciamento de Projetos. 2011. Disponível em: . Acesso em: 03 jan. 2016.
Fly UP