...

Leitura diária EBD infantil

by shirley-militao

on

Report

Category:

Education

Download: 0

Comment: 0

119

views

Comments

Description

Download Leitura diária EBD infantil

Transcript

  • 1. LEITURA DIÁRIA Segunda - Pv 22.6 Ensinando às crianças Terça - At 8.30,31 O ensino da Palavra de DEUS Quarta - Rm 12.7 O ensino requer dedicação Quinta - Sl 119.105 A palavra de DEUS é vital Sexta - Jr 32.33 O desprezo com o ensino Sábado - 1 Co 4.17 Ensinando em cada igreja LEITURA BÍBLICA EM CLASSE - Neemias 8.1-7 1 E chegado o sétimo mês, e estando os filhos de Israel nas suas cidades, todo o povo se ajuntou como um só homem, na praça, diante da Porta das Águas; e disseram a Esdras, o escriba, que trouxesse o livro da Lei de Moisés, que o SENHOR tinha ordenado a Israel. 2 E Esdras, o sacerdote, trouxe a Lei perante a congregação, assim de homens como de mulheres e de todos os entendidos para ouvirem, no primeiro dia do sétimo mês. 3 E leu nela, diante da praça, que está diante da Porta das Águas, desde a alva até ao meio-dia, perante homens, e mulheres, e entendidos; e os ouvidos de todo o povo estavam atentos ao livro da Lei. 4 E Esdras, o escriba, estava sobre um púlpito de madeira, que fizeram para aquele fim; e estavam em pé junto a ele, à sua mão direita, Matitias, e Sema, e Anaías, e Urias, e Hilquias, e Maaséias; e à sua mão esquerda, Pedaías, e Misael, e Malquias, e Hasum, e Hasbadana, e Zacarias, e Mesulão. 5 E Esdras abriu o livro perante os olhos de todo o povo; porque estava acima de todo o povo; e, abrindo-o ele, todo o povo se pôs em pé. 6 E Esdras louvou o SENHOR, o grande DEUS; e todo o povo respondeu: Amém! Amém!?, levantando as mãos; e inclinaram-se e adoraram o SENHOR, com o rosto em terra. 7 E Jesua, e Bani, e Serebias, e Jamim, e Acube, e Sabetai, e Hodias, e Maaséias, e Quelita, e Azarias, e Jozabade, e Hanã, e Pelaías, e os levitas ensinavam ao povo na Lei; e o povo estava no seu posto. 8.1 TODO O POVO SE AJUNTOU. Os caps. 8-10 descrevem um dos maiores avivamentos do AT e apontam vários princípios fundamentais para um avivamento e renovação espirituais. O avivamento e a renovação, procedem exclusivamente de DEUS. Os instrumentos que o propiciam são: a Palavra de DEUS (vv. 1-8), a oração (v. 6), a confissão de pecados (cap. 9), um coração quebrantado e contrito (v. 9), renúncia às práticas pecaminosas da sociedade contemporânea (9.2) e renovação do compromisso de andar segundo a vontade de DEUS e de fazer da Palavra de DEUS o nosso viver (10.29). 8.3 ESTAVAM ATENTOS AO LIVRO DA LEI. O avivamento teve início mediante um autêntico retorno à Palavra de DEUS e um esforço decisivo para a compreensão da sua mensagem (v. 8). Durante sete dias, seis horas por dia, Esdras leu o livro da lei (vv. 3,18). Uma das principais evidências de um avivamento bíblico entre o povo de DEUS é a grande fome de ouvir e ler a Palavra de DEUS. 8.6 INCLINARAM-SE E ADORARAM O SENHOR. Este capítulo da Bíblia descreve um dos maiores cultos de adoração ao Senhor, de todos os tempos. DEUS deseja a adoração do seu povo e o conclama a adorá-lo continuamente (cf. Sl 29.2; 96.9). 8.7 ENSINAVAM AO POVO NA LEI. Por meio de Esdras e dos levitas, vemos o que deve acontecer sempre que a Palavra de DEUS for ministrada aos fiéis. Muitos dos que voltaram do exílio, já não entendiam o hebraico, uma vez que o seu idioma era agora o aramaico. Por isso, quando as Escrituras eram lidas em hebraico, um grupo de homens dedicados fazia a interpretação para o aramaico, de tal maneira que os fiéis pudessem compreendê-las a aplicálas à sua vida. Deste modo, o povo se regozijou "porque entenderam as palavras que lhes fizeram saber" (v. 12). A Palavra como revelação divina, o arrependimento, o avivamento espiritual e a alegria estão todos potencialmente presentes; eles serão desencadeados pelo ESPÍRITO SANTO, através de mensageiros ungidos que proclamem a Palavra de DEUS, com clareza, poder e convicção. RESUMO RÁPIDO I. A ORIGEM DA ESCOLA DOMINICAL 1. Raízes bíblicas da Escola Dominical. DEUS manda Moisés escrever suas palavras, ler perante o povo, ensinar ao povo e ordena que haja ensino em casa de cada um, por parte dos pais, aos filhos.
  • 2. 2. A origem da Escola Dominical. Com esse nome e organização de hoje nasceu em 1780, criada por Robert Raikes em Gloucester, Inglaterra. No Brasil, ela foi fundada em 21 de Julho de 1855 pelo casal de missionários escoceses, Robert e Sarah Kalley. a) O projeto. Raikes organiza professores voluntários e para ensinarem Gramática, Matemática e Bíblia aos meninos de rua. b) Semeando lições de vida. Em 4 anos já haviam 250 mil alunos na Inglaterra. Havia mudança comprovada de caráter e de atitude nos alunos. 3. O que é Escola Dominical. É uma escola que ministra o ensino da Palavra de DEUS de forma acessível a todos os alunos - desde o berçário aos adultos - contemplando todas as faixas etárias. II. FINALIDADES DA ESCOLA DOMINICAL 1. Auxiliar no ensino das Escrituras. Ajuda a educação dada pelos pais, em casa, resolvendo as questões mais difíceis do aprendizado. 2. Auxiliar na evangelização. É um ótimo veículo de evangelização, desde que orientado pelos professores e dirigentes da mesma. Deve-se praticar evangelismo após as aulas de EBD, convidando pessoas que não são ainda salvas para comparecerem à igreja e à EBD. 3. Auxiliar no discipulado. Ótimo meio de discipulado, principalmente na classe de discipulado, sempre visitada pelo pastor da igreja. III. A ESCOLA DOMINICAL FORTALECE A FAMÍLIA 1. As crianças são bem instruídas. Personalidade humana é definida até aos sete anos."Instrui o menino no caminho em que deve andar, e, até quando envelhecer, não se desviará dele". 2. A juventude é prevenida contra o pecado. Nossos jovens devem freqüentar assiduamente a Escola Dominical, pois aqui são alertados contra todos os males tão característicos de uma sociedade sem DEUS aprendidos hoje nos colégios, na TV e na Internet. 3. Os adultos frutificam. Adultos que não tiveram base bíblica antes, agora são novos convertidos e precisam de ajuda.
  • Fly UP