...

TEOLOGIA CONTEMPORÂNEA-RESUMO DA TEOLOGIA DE SCHLEIERMACHER

by cleriston85

on

Report

Category:

Documents

Download: 1

Comment: 0

815

views

Comments

Description

Download TEOLOGIA CONTEMPORÂNEA-RESUMO DA TEOLOGIA DE SCHLEIERMACHER

Transcript

TEOLOGIA DE SCHLEIERMACHER 1- A RELIGIÃO COMO SENTIMENTO ‡Schleiermacher ensina haver no homem um sentimento que o liga a Deus. ‡Trata-se de um senso interior que proclama a sua continuidade com o Espírito do universo. ‡Esse sentimento não é uma simples emoção, mas sim o reflexo de que tudo no universo procede de uma só raiz e, nessa raiz, todas as coisas são essencialmente idênticas. Segundo Olson, "é a consciência distintamente humana de algo infinito, além do próprio eu, da qual ele depende para tudo.³ ‡O valor da experiência aqui é notável, constituindo-se ela na base suprema da religião. ‡Ademais, o sentimento de que fala Schleiermacher encontra-se em cada indivíduo de modo necessário, já que resulta de sua relação também necessária com o "Infinito", o "Uno e Todo" de que é uma manifestação individual. ‡Daí se deduz que não existem ateus de fato. Ainda que algumas pessoas neguem de forma proposicional a existência da divindade, elas mesmas intuem a existência do "Todo", do objeto da religião, chamado por muitos de Deus. 1 TEOLOGIA DE SCHLEIERMACHER 2- A DEPENDÊNCIA TOTAL DE DEUS ±A resposta mais elevada dada pelo homem ao sentimento referente a Deus é o senso de total dependência dele . É nessa dependência que se traduz de modo pleno o sentimento relativo ao Espírito do universo. Tal dependência é o próprio sentimento aqui tratado, manifesto de forma amadurecida quando o ser humano tem plena consciência dele. ±Para Schleiermacher, a doutrina é apenas uma das maneiras pelas quais se expressa o sentimento religioso de dependência. Daí decorre que a doutrina não é essencial e nem mesmo necessária, uma vez que há outras formas em que a dependência se faz manifesta. ±O símbolo, por exemplo, pode ser uma delas. Aqui se vê a marca do agnosticismo em seu pensamento, com o seu notável desprezo pelo que é teórico. ±Sendo a religião um sentimento expresso na "consciência de ser dependente do Todo", sua comunicação se realiza de modo mais eficaz pelo exemplo e não por meio do ensino formal. Além disso, considerando que o sentimento religioso, como qualquer outro sentimento, apresenta variadas formas de manifestação, é natural que variadas sejam também as expressões religiosas (teísmo, panteísmo e seus respectivos desdobramentos), todas elas válidas, à medida que os sentimentos de dependência que as originaram, partindo de diferentes personalidades, também são válidos. ±Tolerância em relação às diversas crenças, uma das marcas do Iluminismo, também pode ser vista no pensamento de Schleiermacher. ±Adepto da da religião não dogmática e do pluralismo religioso. 2 TEOLOGIA DE SCHLEIERMACHER 3- OS DISTINTOS NÍVEIS DE CONSCIÊNCIA ‡ ‡ ‡ ‡ O sentimento de dependência do Todo de que fala Schleiermacher pode manifestarse em diferentes graus em cada indivíduo, havendo, inclusive, aqueles em que o grau de dependência de Deus é baixíssimo. Para Schleiermacher, "o pecado é essencialmente a consciência sensual, o que quer dizer qualquer tipo de preocupação total com este mundo, excluindo-se a total dependência do homem diante de Deus...". Evidentemente, essa reconstrução da hamartiologia redunda numa antropologia mais otimista do que aquela que a Bíblia, com a doutrina do pecado original, ensina. O conceito de salvação de Schleiermacher não era ortodoxo. Ele acreditava que a salvação era a impressão deixada por Jesus. Essa consciência esclarecida de Deus transformava a comunidade cristã quando a consciência empobrecida de Deus era substituída pela de Jesus. Sustentou um conceito reducionista de Jesus, apresentando-o como um homem munido de aguda consciência divina, profundamente dependente de Deus, mas não divino, no sentido que a igreja cristã o apresenta em seus credos. De fato, a reformulação do conceito de pecado feita por Schleiermacher, identificando-o a partir de distintos graus de consciência, constituiu-se numa ameaça que se levantou contra o próprio centro da fé cristã histórica. 3 ‡ ‡ O IMPACTO DA TEOLOGIA DE SCHLEIERMACHER ‡ Recusa-se a acreditar na revelação especial; ‡ Estabelece como ponto inicial e referencial o próprio homem com suas intuições e experiências; ‡ Criou um conceito nitidamente panteísta de Deus; ‡ Destruiu a singularidade da verdadeira religião; ‡ Menosprezou o valor do dogma; ‡ Reduziu o pecado a uma simples indisposição mental; ‡ Transformou Cristo num mero modelo a ser seguido, esvaziou a cruz de seu valor expiatório; ‡ Conceituou a salvação como um simples aprofundamento da consciência de depender do Todo que alguns chamam "Deus³; ‡ Fez da igreja pouco mais do que a promotora dessa mesma consciência. 4
Fly UP