PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Direito Unidade Barreiro RESENHA E RESUMO: Justiça – Doze Passos para uma nova vida Tiago Silva de Morais Belo Horizonte 2011 Tiago Silva de Morais RESENHA E RESUMO: Justiça – Doze Passos para uma nova vida Trabalho de Metodologia do Trabalho Científico para resumir e resenhar o artigo “Justiça” e tratar sobre seu ponto principal – a recuperação de condenados. Profª Jacyra Antunes Parreira Belo Horizonte 2010 RESUMO O artigo “Justiça - Doze passos para uma nova vida” de Beatriz Lima trata da Instituição de Proteção ao Condenado (Apac) que tem por objetivo recuperar condenados judicialmente em um sistema prisional com melhores condições de vida. A autora cita a dificuldade dos sistemas prisionais convencionais atuais devido à falta de estrutura, e cita Gilberto e Ailton, dois ex-presidiários que tiveram suas vidas restabelecidas na Apac. O método consiste na participação da comunidade, no trabalho como forma de inserção social, na religião, na assistência jurídica e à saúde, na valorização do indivíduo, entre várias outras formas de assistências sociais, além das instalações organizadas que trazem camas individuais, armário de alvenaria e banheiro, a fim de promover um tratamento mais humano ao preso e melhorar sua autoestima. A associação conta com a parceria da PUC minas, que tem um importante papel na assistência jurídica e no desenvolvimento das atividades como projetos de estimulo a leitura e aulas de manutenção de computadores. Em suma, o trabalho não só tem um intuito social de ajudar os recuperandos e suas famílias, como também se mostra para a população e o estado como um modelo de sistema prisional eficaz na recuperação de condenados. RESENHA A autora Beatriz Lima da matéria nomeada Justiça - Doze passos para nova vida - apresenta a Associação de Proteção ao Condenado (Apac) na qual desenvolve um projeto social muito importante para a comunidade ajudando condenados a se recuperarem e dando a eles uma forma de inserção social. Os recuperandos aprendem uma profissão, possibilitando-lhes de se inserirem no mercado de trabalho. Também, o condenado tem assistência jurídica digna para defesa de seus interesses e apoio de outros recuperandos, como forma de incentivo. O artigo traz uma discussão muito importante acerca de que é importante manter um tratamento mais digno ao preso, o que é muito importante para sua recuperação, já que nos presídios convencionais o tratamento é feito de forma subumana, com muitos outros presos dividindo um mínimo espaço, o que gera mais revolta e violência. A PUC, como instituição extensiva do projeto, ajuda no cumprimento das atividades com seus professores atuando nas áreas de ensino profissionalizante. É fundamental que não só as instituições de ensino, mas o Estado e toda a comunidade ampliem esse projeto, uma vez que ele proporciona uma reabilitação eficiente dos condenados, e para que os mesmos não regressem à criminalidade por falta de oportunidade. Referencia bibliografia: Revista PUC Minas.
Please download to view
All materials on our website are shared by users. If you have any questions about copyright issues, please report us to resolve them. We are always happy to assist you.
...

Modelo de Resumo e Resenha

by tiago-morais

on

Report

Category:

Documents

Download: 0

Comment: 0

335

views

Comments

Description

O resumo e a resenha aqui publicada trata de uma matéria da Revista PUC Minas na qual cita a APAC - Associação de Proteção e Assistência aos Condenados, que recupera condenados de uma forma mais humana para o preso, e que obtem resultados satisfatórios para as famílias dos envolvidos e para toda a comunidade.
Download Modelo de Resumo e Resenha

Transcript

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS Curso de Direito Unidade Barreiro RESENHA E RESUMO: Justiça – Doze Passos para uma nova vida Tiago Silva de Morais Belo Horizonte 2011 Tiago Silva de Morais RESENHA E RESUMO: Justiça – Doze Passos para uma nova vida Trabalho de Metodologia do Trabalho Científico para resumir e resenhar o artigo “Justiça” e tratar sobre seu ponto principal – a recuperação de condenados. Profª Jacyra Antunes Parreira Belo Horizonte 2010 RESUMO O artigo “Justiça - Doze passos para uma nova vida” de Beatriz Lima trata da Instituição de Proteção ao Condenado (Apac) que tem por objetivo recuperar condenados judicialmente em um sistema prisional com melhores condições de vida. A autora cita a dificuldade dos sistemas prisionais convencionais atuais devido à falta de estrutura, e cita Gilberto e Ailton, dois ex-presidiários que tiveram suas vidas restabelecidas na Apac. O método consiste na participação da comunidade, no trabalho como forma de inserção social, na religião, na assistência jurídica e à saúde, na valorização do indivíduo, entre várias outras formas de assistências sociais, além das instalações organizadas que trazem camas individuais, armário de alvenaria e banheiro, a fim de promover um tratamento mais humano ao preso e melhorar sua autoestima. A associação conta com a parceria da PUC minas, que tem um importante papel na assistência jurídica e no desenvolvimento das atividades como projetos de estimulo a leitura e aulas de manutenção de computadores. Em suma, o trabalho não só tem um intuito social de ajudar os recuperandos e suas famílias, como também se mostra para a população e o estado como um modelo de sistema prisional eficaz na recuperação de condenados. RESENHA A autora Beatriz Lima da matéria nomeada Justiça - Doze passos para nova vida - apresenta a Associação de Proteção ao Condenado (Apac) na qual desenvolve um projeto social muito importante para a comunidade ajudando condenados a se recuperarem e dando a eles uma forma de inserção social. Os recuperandos aprendem uma profissão, possibilitando-lhes de se inserirem no mercado de trabalho. Também, o condenado tem assistência jurídica digna para defesa de seus interesses e apoio de outros recuperandos, como forma de incentivo. O artigo traz uma discussão muito importante acerca de que é importante manter um tratamento mais digno ao preso, o que é muito importante para sua recuperação, já que nos presídios convencionais o tratamento é feito de forma subumana, com muitos outros presos dividindo um mínimo espaço, o que gera mais revolta e violência. A PUC, como instituição extensiva do projeto, ajuda no cumprimento das atividades com seus professores atuando nas áreas de ensino profissionalizante. É fundamental que não só as instituições de ensino, mas o Estado e toda a comunidade ampliem esse projeto, uma vez que ele proporciona uma reabilitação eficiente dos condenados, e para que os mesmos não regressem à criminalidade por falta de oportunidade. Referencia bibliografia: Revista PUC Minas.
Fly UP