...

Manual Normas ABNT

by raimundo-neto

on

Report

Category:

Documents

Download: 6

Comment: 0

641

views

Comments

Description

Download Manual Normas ABNT

Transcript

Damares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco Manual de Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UniFil Londrina 2006 Damares Tomasin Biazin¹ Thais Fauro Scalco² Manual de Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UniFil ¹Graduada em Enfermagem Especialista em Metodologia da Assistência em Enfermagem - UFRJ - Escola Ana Néri Mestrado em Enfermagem Fundamental - Escola de Enfermagem da USP de Rib. Preto Doutora em Enfermagem Fundamental - Escola de Enfermagem da USP de Rib. Preto Docente da Disciplina de Metodologia da Pesquisa nos Cursos de Graduação e Pós- Graduação da UniFil ²Bacharel em Biblioteconomia - UEL Especialista em Recursos Humanos e Marketing Interno - UniFil Especialista em Gerência de Unidades de Informação - UEL Londrina 2006 1 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco SUMÁRIO APRESENTAÇÃO................................................................ .4 1 INTRODUÇÃO ................................................................ .5 2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS ............................................. .7 2.1 Capa.......................................................................... .7 2.2 Lombada.................................................................... .7 2.3 Folha de Rosto ............................................................ .8 2.4 Verso da Folha de Rosto ............................................... .9 2.5 Errata ........................................................................ .9 2.6 Folha de Aprovação ..................................................... 10 2.7 Dedicatória................................................................. 10 2.8 Agradecimento............................................................ 11 2.9 Epígrafe ..................................................................... 11 2.10 Resumo na Língua Vernácula....................................... 12 2.10.1 Palavra-chave......................................................... 12 2.11 Lista de Ilustrações e Tabelas ...................................... 12 2.12 Lista de Abreviaturas e Siglas...................................... 13 2.13 Sumário ................................................................... 13 3 ELEMENTOS TEXTUAIS.................................................... 14 3.1 Introdução.................................................................. 14 3.2 Desenvolvimento......................................................... 14 3.2.1 Revisão de literatura ou bibliográfica ........................... 14 3.2.2 Metodologia ............................................................. 15 3.2.3 Resultados............................................................... 15 3.2.4 Discussão ................................................................ 15 3.3 Conclusão................................................................... 16 4 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS............................................. 17 4.1 Referências................................................................. 17 4.2 Glossário.................................................................... 17 4.3 Apêndice .................................................................... 17 4.4 Anexo ........................................................................ 18 4.5 Índice ........................................................................ 18 5 CITAÇÕES..................................................................... 19 5.1 Citação no Texto ......................................................... 19 5.1.1 Citação direta........................................................... 19 5.1.2 Citação indireta ........................................................ 19 5.1.3 Citação de citação..................................................... 19 5.1.4 Citação pelo título..................................................... 20 5.2 Sistema de Chamada no Texto ...................................... 20 5.2.1 Sistema autor data ................................................... 20 5.2.2 Sistema numérico..................................................... 20 5.3 Indicação dos Autores no Texto ..................................... 21 5.3.1 Um autor ................................................................. 21 5.3.2 Dois autores............................................................. 21 5.3.3 Mais de três autores.................................................. 21 6 FORMATAÇÃO................................................................ 22 6.1 Numeração das Páginas................................................ 22 6.2 Margem ..................................................................... 22 6.3 Espacejamento............................................................ 22 6.4 Nota de Rodapé........................................................... 23 6.5 Título sem Indicação Numérica ...................................... 23 6.6 Elementos sem Título e sem Indicativo Numérico ............. 23 REFERÊNCIAS................................................................... 24 1 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco APRESENTAÇÃO Anormalizaçãoéumprocessoqueestabeleceeaplicaregrasa fimdeabordarordenadamenteumaatividadeespecíficaeaqualidade editorialdaspublicações;estárelacionadacomautilizaçãodenormas técnicasespecíficase,portanto,aausênciadapadronização estabelecida pelas normas compromete a qualidade de um trabalho. Portanto,esteManualfoielaboradocomafinalidadede padronizar os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) e Monografias do Centro Universitário Filadélfia de Londrina - UniFil. Para a apresentação de trabalhos acadêmicos, para as referências eparaosaspectosgráficosecitaçõesserãoseguidasasprincipais NormasdaAssociaçãoBrasileiradeNormasTécnicas-ABNT(2002; 2005). Damares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 5 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 1 INTRODUÇÃO OdesenvolvimentodesteManualéfrutodanecessidadepercebida juntoaosalunosdegraduaçãoepós-graduaçãodaUniFil,naelaboração detrabalhosacadêmicos,cujoprincipalobjetivoédinamizaro conhecimentoeuniformizaraproduçãoacadêmica,buscandodisseminar o conhecimento e divulgar informações. OManualbuscaminimizardúvidasedinamizaroprocessode normalização. AAssociaçãoBrasileiradeNormasTécnicas-ABNT,fundadaem 1940,éatualmenteresponsávelpelanormalizaçãotécnicanoBrasil, fomentando o setor tecnológico nacional. É uma entidade privada, sem fins lucrativos e a única representante de organismos internacionais como: ISO- International Organization for Standardization; IEC - International Electrotechnical Comission; COPANT -ComissãoPanamericanadeNormasTécnicas;AMN-Associação Mercosul de Normalização. Naexpectativadeinstituirumpadrãoemrelaçãoaostrabalhos acadêmicos a NBR 14724 traça diretrizes para sua padronização. Ostrabalhosacadêmicossãotambémclassificadoscomorelatório de pesquisa, que podem ser: TrabalhodeConclusãodeCurso-TCC-éoresultado final de estudos de Curso de Graduação. Monografia-Éumrelatóriodepesquisaqueabordaum único tema, geralmente resultado de Especialização. RelatóriodePesquisa-Esquemabásico,bastante utilizado,queservecomopontodepartidaparaaapresentaçãode trabalhos de vários tipos. 6 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco Dissertação-Éumestudoteóricodenaturezareflexiva, queconsistenaordenaçãodeidéiassobreumdeterminadotema.A característicabásicadadissertaçãoéocunhoreflexivo-teórico.Dissertar é debater. Discutir. Questionar. Constitui requisito obrigatório à obtenção do grau acadêmico de mestre; deve ser defendida publicamente. Tese-Resultadodeestudodeumtemaúnicoesua característicaprincipaléaoriginalidade.Constituirequisitoobrigatórioà obtenção do grau acadêmico de doutor; deve ser defendida publicamente. ArtigoCientífico-Qualquertrabalhoacadêmicopodeser transformadoemartigocientífico,respeitandoasnormaseditoriaisdo periódico científico escolhido. SegundoaNorma(NBR14724,2005)aestruturadetese, dissertaçãooudeumtrabalhoacadêmicocompreende:elementospré- textuais, textuais e pós-textuais. elementospré-textuaisobrigatórios:capa,folhaderosto, resumo em língua mãe, resumo em língua estrangeira, folha de aprovação (só para monografia) e sumário; elementospré-textuaisopcionais:lombada,errata,folhade aprovação(sóparaTCC),dedicatória,agradecimento,epígrafe,listade ilustrações,listadetabelas,listadeabreviaturasesiglaselistade símbolos; elementos textuais: introdução, desenvolvimento e conclusão; elementos pós-textuais obrigatório: referências ou bibliografia; e, elementospós-textuaisopcionais:glossário,apêndice(s), anexo(s), índice(s). 7 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 2 ELEMENTOS PRÉ-TEXTUAIS 2.1 Capa São impressas as informações que identificam o trabalho. UsarmodelopadronizadopelaUniFilDisponívelem http://www.unifil.br/biblioteca/capa2006.doc Ex.: 2.2 Lombada Local de impressão das informações de autoria, título do trabalho e volumesehouver.Deveserescritodecimaparabaixo,possibilitandoa leituraemordemdoautor,títuloevolume(setiver),quandootrabalho estiver deitado com sua capa para cima. Nome do aluno Título: subtítulo Londrina 2006 8 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco Ex.: 2.3 Folha de Rosto Apresenta os elementos essenciais à identificação do trabalho. Usar modelo padronizado pela UniFil Disponível em http://www.unifil.br/biblioteca/capa2006.doc Ex.: N o m e d o a u t o r T í t u l o d o T r a b a l h o Nome do aluno Título: subtítulo Trabalho apresentado à disciplina xxxxxx, prof. Xxxxxx Londrina 2006 9 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 2.4 Verso da Folha de Rosto Deve conter a ficha catalográfica de acordo com o AACR2 - Código de Catalogação Anglo-Americana, sua elaboração é de responsabilidade do profissional bibliotecário com registro no Conselho Regional de Biblioteconomia. Somente obrigatório para dissertações e teses. Ex.: Bibliotecária responsável Thais Fauro Scalco CRB - 9/1165 2.5 Errata Opcional,deveserutilizadaemúltimocaso,quandoopesquisador jánãoconseguemaisalterarosdadosdotrabalho,sendoapresentada obrigatoriamente solta do trabalho. R349 Revista Terra e Cultura: cadernos de ensino e pesquisa, v.1, n.1 jan./jun., 1985. - Londrina: Unifil, 1985. Semestral Revista da Unifil - Centro Universitário Filadélfia. ISSN 0104-8112 1. Educação superior - periódicos.I. Unifil - Centro Universitário Filadélfia CDD 378.05 10 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 2.6 Folha de Aprovação Obrigatóriasomenteparamonografiadeveserapresentadalogo após a folha de rosto. Os elementos são: nome do autor, título e subtítulo dotrabalho,sehouver,datadeaprovação,nomedainstituiçãoaqueé submetido, nome, titulação e instituição a que pertencem os componentes da banca. A data de aprovação e as assinaturas dos componentes só deverão ser colocadas na folha de aprovação depois da defesa. Ex.: 2.7 Dedicatória Opcional, não há necessidade de estar escrito o título "Dedicatória¨. Nãoexistenenhumaindicaçãonormativadalocalizaçãoedo posicionamentodotexto,contudoaposiçãoinferiordireitaébastante utilizada e se transformou em convenção para os trabalhos acadêmicos. Nome do Autor Título do Trabalho Monografia apresentadaao CursoXXXXde Especializaçãoem XXXXXbanca examinadorado CentroUniversitário Filadélfiapara obtenção do título de Especialista Aprovada em: // __________________ Nome do Membro da Banca Instituição de Origem __________________ Nome do Membro da Banca Instituição de Origem 11 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 2.8 Agradecimento Opcional,porémcomindicaçãodaseção,oqueodiferenciada dedicatória,elementoondeoautorseutilizaparaapresentaros agradecimentosàInstituição,orientador,pessoaspróximasque contribuíramdeformadiretacomotrabalhoeinstituiçõesparceirasem casodeprojetoserelatóriosdeestágio.Éapresentadodepoisda dedicatória. Recomenda-serestringi-loaoabsolutamentenecessárioparanão obscurecer àqueles que realmente foram essenciais (Eco, 2005). 2.9 Epígrafe Opcional,pensamentos,ditadospopulares,provérbios,música, poema, entre outros. O autor apresenta uma citação, seguida de indicação de autoria, relacionada com a matéria tratada no corpo do trabalho. Ex.: “Culto é aqueleque sabe ondeencontrar aquilo que não sabe” Georg Simmel 12 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 2.10 Resumo Na Língua Vernácula ANorma(NBR6028,2003)defineresumocomosendoa apresentaçãoconcisadospontosrelevantesdeumtextoedevemser indicados: natureza do problema estudado; objetivo geral; metodologia utilizada; resultados mais significativos; e, principais conclusões Deve ser composto de uma seqüência corrente de frases concisas enãodeumaenumeraçãodetópicas,entre100e500palavras dependendo da natureza do trabalho. Conforme a mesma Norma o resumo em língua estrangeira pode ser eminglês(Abstract),emespanhol(Resumen),emfrancês(Rèsumé) inclusive as palavras-chave. Deve ser digitado em espaço simples e fonte 10. 2.10.1 PALAVRAS-CHAVE Justificado, em espaço simples, 3,0 cm abaixo do resumo. Devem representar o conteúdo do trabalho, num máximo de três (3) palavras- chave, na mesma língua em que colocar o resumo. 2.11 LISTA DE ILUSTRAÇÕES E TABELAS Elementosopcionais,devendoserelaboradasdeacordocoma posiçãonotexto,criandoumaordemdeapresentação.Érecomendado elaboraressaslistasquandohouvermaisde5elementos.Aslistas referem-sea:desenhos,esquemas,fluxogramas,fotografias,gráficos, 13 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco mapas,organogramas,plantas,quadros,retratoseoutrasilustraçõese tabelas. Figura 1 - Título da figura .......................................................... p. 29 Gráfico 1 - Título do gráfico........................................................ p. 34 Tabela 1 - Título da tabela ......................................................... p. 35 Norodapédasfiguras,tabelas,quadros,gráficosoumapas,deve serapresentadaemfontetamanho10aorigemdeondeasinformações foram retiradas (Ex: FONTE:). 2.12 LISTA DE ABREVIATURAS E SIGLAS Opcional, deve apresentar as abreviatura e siglas utilizadas no texto emordemalfabética,seguidasdepalavrasouexpressõesescritaspor extenso. Elaborar uma lista específica para cada uma quando houver mais de 5 elementos. 2.13 SUMÁRIO Obrigatório,éaenumeraçãodasprincipaisdivisões,seçõese outraspartesdotrabalho,naordememqueaparecemnotextoe com indicação da página inicial. Utilizam-se algarismos arábicos para a numeração. (Exemplo, ver Sumário deste Manual). 14 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 3 ELEMENTOS TEXTUAIS Introdução Desenvolvimento - Revisão bibliográfica, metodologia, resultados e discussão Conclusão 3.1 Introdução Éaapresentaçãodoassuntoasertratadopormeiodeuma definição objetiva do tema e finalidade da pesquisa, justificando a escolha doassunto,bemcomoasrelaçõesexistentescomoutrostrabalhos (ABNT, 2002). Deve ser redigida em uma redação única, sem subtítulos, e "fechada¨comosobjetivos,sendoquesóseusaobjetivosgerale específicos em Dissertações de Mestrado e Teses de Doutorado. SegundoAzevedo(2004)aintroduçãodeveenfocaraidéiacentral da pesquisa. 3.2 Desenvolvimento Éa"parteprincipaldotexto,quecontémaexposiçãoordenadae pormenorizadadoassuntotratado¨.Devesersubdivididoem"seçõese subseções, que variam em função da abordagem do tema e método¨ (NBR 6024, ABNT; 2002, p.5). 3.2.1 Revisão De Literatura Ou Bibliográfica Reúne,analisaediscuteinformaçõesrelevantesjápublicadasna área.Portantonãoéumasimplestranscriçãodepequenostextos,mas umadiscussãosobreasidéias,fundamentos,problemas,sugestõesdos vários autores pertinentes e selecionados, demonstrando que os trabalhos foram efetivamente examinados e criticados. 15 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 3.2.2 Metodologia Éaparteondesedescreveametodologiaadotadaparao desenvolvimentodotrabalho.Descriçãobreve,porémcompletaeclara dastécnicaseprocessosempregados,bemcomoodelineamento experimental. E Deve Descrever: tipo de pesquisa; local; população e/ou amostra; método de coleta de dados; instrumentos utilizados; período da coleta; análise dos dados coletados; e, aspectos éticos, se necessário. 3.2.3 Resultados Osresultadosobtidosdevemserapresentados,emordem cronológica,estejamounãodeacordocomopontodevistado pesquisador.Paramaiorfacilidadedeexposição,podemser acompanhadosportabelas,gráficosefotografias.Osdadosnuméricos devem ser submetidos à análise estatística. 3.2.4 Discussão Discutirsignificarealizarumareflexãoacercadainterpretação teóricaedosignificadodosresultados.Deveserobjetivaeconduziràs principais conclusões. 16 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco É a comparação dos resultados alcançados pelo estudo com aqueles descritosnarevisãodeliteratura.Podeserintegradoaocapítulode resultados, facilitando a leitura e compreensão. Nessecapítulo,oautortemmaiorliberdadedeexpressão,oque colocaemevidênciaasuaformaçãointelectual.Elerelacionacausase efeitos, explicando porque ocorreram os resultados; elucida contradições, teorias e princípios relativos ao trabalho; indica a aplicabilidade dos dados obtidos e suas limitações (AZEVEDO, 2004). 3.3 Conclusão Asconclusõesedescobertasdoautordevemserapresentadasde maneira lógica, clara e concisa, fundamentada nos resultados. Deve-sereafirmardemaneirasintéticaaidéiaprincipaleos pormenoresimportantesdocorpodotrabalho,respondendoàs indagaçõeslevantadaseaosobjetivosdotrabalho,entretantonãodeve haver justificativa dos resultados (ABNT, 2002). 17 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 4 ELEMENTOS PÓS-TEXTUAIS Referências/Bibliografia Glossário Apêndice(s) Anexo(s) Índice(s) 4.1 Referências/Bibliografia reúnemumconjuntodeinformaçõesprecisaseminuciosasque permitem a identificação do documento no todo ou em parte; ordem alfabética - sistema autor-data; ordem numérica - sistema numérico; devem seguir as normas da ABNT. Como Elaborar Referências? Para elaboração das referências utilizar o sistema MORE, disponível no site da Biblioteca UniFil http://more.rexlab.ufsc.br/ 4.2 Glossário Opcional, elaborado alfabeticamente devendo apresentar palavras e termospoucoconhecidos,deusorestrito,acompanhadosdeseu significadoequetenhampertinênciaaotema.Deveserorganizadoem ordem alfabética. 4.3 Apêndice Opcional,ondeseapresentamostextooudocumentos desenvolvidospeloautorcomafinalidadedecomplementarsua 18 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco argumentação.Usam-seletrasmaiúsculasconsecutivas(ApêndiceA,B, C...), travessão e os respectivos títulos para identificar cada apêndice. 4.4 Anexo Opcional,ondeseapresentamosdocumentosnãoelaborados peloautor,paracomplementar,fundamentar,ilustrarotrabalho, indicado da mesma forma que o Apêndice. 4.5 Índice Opcional,devendoserelaboradodeacordocomaNBR6034, apresentando as palavras ou expressões em ordem alfabética e as páginas do texto onde estas se encontram. 19 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 5 CITAÇÕES 5.1 Citação no Texto Segundo a Norma NBR 10520 (ABNT; 2002) citação é a menção no texto de uma informação extraída de outra fonte. 5.1.1 Citação Direta Transcriçãoexatadepalavrasoutrechosdeumautoredevem aparecer entre aspas. Ex."Ascitaçõestextuaisoudiretassãoatranscriçãoliteralde textosdeoutrosautores.Devemvirentreaspascomoconstano original¨ (CRUZ ; RIBEIRO, 2003, p.160). 5.1.2 Citação Indireta Transcriçãonãoliteraldaspalavrasdeumautor.Éaexpressãoda idéia contida na fonte citada com palavras próprias do autor do trabalho. Ex.SegundoPedrosa;Garcia(2000)oabortamentoinduzido voluntariamente pela mulher é um fenômeno social complexo e facetado. 5.1.3 Citação de Citação Menção de um documento ao qual não se teve acesso direto; deve serfeitaapenasquandoodocumentooriginalnãopoderealmenteser consultado. "apud¨ - expressão em latim (citado por) Para Matos (1990, citado por BILL, 1998)... ou Para Matos (1990) citado por Bill (1998)... 20 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco ou Para Matos (1990) apud Bill (1998)... 5.1.4 Citação pelo Título Deve ser Usada Para os Seguintes Casos: obras de autoria múltipla ou sem autoria; eventos considerados no todo Ex.: De acordo com o último Censo (IBGE, 2002)... Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS, 2006)... No Congresso Brasileiro de Enfermagem (2004)... 5.2 Sistema de Chamada no Texto As citações dos autores no texto devem ser indicadas de acordo com um dos sistemas descritos, e qualquer que seja o método escolhido, deve ser seguido ao longo de todo o trabalho. 5.2.1 Sistema Autor-Data Ex.: Gomes (1992) utilizou... 5.2.2 Sistema Numérico Ex.: Zanini¹ descreveu (de acordo com o aparecimento no texto) Diversos Trabalhos de um Mesmo Autor e Mesmo Ano Cunha (1980) sugeriu... Cunha (1980a) Cunha (1980b) CoincidênciadeAutoresComoMesmoSobrenomee Mesma Data Silva, M. J. (1994) 21 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco Silva, O. N. (1994) 5.3 Indicação dos Autores no Texto DeveCorresponderàFormadeEntradanaListade Referências Bibliográficas 5.3.1 Um autor Furlan (1989) sugeriu.... Furlan¹º identificou. 5.3.2 Dois autores Gatto; Coutinho (1985) citaram... Gatto e Coutinho¹² relataram. 5.3.3 Mais de três autores Amaral et al.(1999) observaram... Amaral et al.¹³ propuseram. 22 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco 6 FORMATAÇÃO Ostextosdevemserapresentadosempapelbranco,formatoA4, digitadosnacorpreta,comexceçãodasilustrações,noanversodas folhas, exceto a folha de rosto onde deve constar a ficha catalográfica (no verso), conforme o Código de Catalogação Anglo-Americano vigente. Recomenda-se,paradigitação,autilizaçãodefontelegível(Arial, TimesNewRomanouVerdana)tamanho12paraotextoetamanho menor para citações de mais de três linhas, notas de rodapé, paginação e legendasdasilustraçõesetabelas.Nocasodecitaçãocommaisdetrês linhas, observar o recuo de 4 cm da margem esquerda. 6.1 Numeração das Páginas Elementospréepós-textuaisnãorecebemnumeração,porémsão contadoscomexceçãodacapa,apartirdafolhaderosto.Devemser contadas seqüencialmente, mas não numeradas. A numeração é colocada apartirdaprimeirafolhadapartetextual(Introdução),emalgarismos arábicos, no canto superior da página, a 2 cm da borda direita, inferior ou superior da folha. 6.2 Margem Asfolhasdevemapresentarmargemsuperioreesquerdade3cm, direita e inferior de 2 cm. 6.3 Espacejamento Todo o texto deve ser digitado em espaço 1,5. Ascitaçõesdemaisdetrêslinhas,asnotas,aslegendasefontes das ilustrações e tabelas, a ficha catalográfica, a natureza do trabalho, o objetivo,onomedainstituiçãoaqueésubmetidaeaáreade 23 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco concentraçãodevemserdigitadosemespaçosimples.Asreferências,ao final do trabalho, devem ser separadas entre si por dois espaços. Ostítulosdassubseçõesdevemserseparadosdotextoqueos precede ou que os sucede por dois espaços. 6.4 Nota de Rodapé Deveobedecerasmargenspropostaspelanormaeficarseparada dotextoporumespaçosimplesedamargemesquerdapor3cm.Uma dicaimportanteparainserirnovasnotaséutilizaroatalhoCONTROL+ ALT+F(letraF),pressionando-osemseqüênciavaiserinseridoum número progressivo nas notas. 6.5 Título sem Indicação Numérica Aspartesquenãopossuemindicaçãonumérica,devemficar centralizadas, respeitando a NBR 6024. Seções sem indicação numéricas: Errata, agradecimentos, lista de ilustrações, lista de abreviaturas e siglas, listadesímbolos,resumos,sumário,referências,glossário,apêndice(s), anexo(s) e índice. 6.6 Elementos sem Título e sem Indicativo Numérico Folhadeaprovação,dedicatóriaeepígrafe,sãoelementosque compõem o texto, mas não se indica nem com números nem com títulos. Elementos textuais são contados e recebem numeração nas páginas. 24 Manual das Normas da ABNT e Padronização para TCC e Monografia da UnifilDamares Tomasin Biazin Thais Fauro Scalco REFERÊNCIAS ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023: informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002. _____. NBR 6024: informação e documentação: numeração progressiva das seções de um documento escrito: apresentação. Rio de Janeiro, 2003. _____. NBR 6027: informação e documentação: sumário: apresentação. Rio de Janeiro, 2003. ______. NBR 6028: informação e documentação: resumo: apresentação. Rio de Janeiro, 2003. ______. NBR 10520: informação e documentação: citações em documentos: apresentação. Rio de Janeiro, 2002. ______. NBR 14724: informação e documentação: trabalhos acadêmicos: apresentação. Rio de Janeiro, 2005. AZEVEDO, Israel Belo de.O prazer da produção científica: descubra como é fácil e agradável elaborar trabalhos acadêmicos. 11.ed.São Paulo : Hagnos, 2004.205 p. CRUZ, Carla; RIBEIRO, Uirá.Metodologia científica: teoria e prática. Rio de Janeiro : Axcel Books, 2003.218 p. ECO, Umberto.Como se faz uma tese.19.ed.São Paulo ; Perspectiva, 2005.174 p.
Fly UP